Escola para nossos filhos na Austrália

E a escola para nossos filhos na Austrália?

11

Escola para nossos filhos na Austrália

A primeira pergunta que todo mundo que tem filho e quer vir para a Austrália faz é: E a escola para nossos filhos na Austrália? Meus filhos podem estudar?

Se eles estiverem em idade escolas (a partir da primeira série) a resposta é sim, mas precisamente a partir dos 5 anos seu filho ja esta apto a estudar em uma escola pública Australiana, o próprio governo Australiano diz:

Se qualquer dependente incluído no requerimento tiver a idade escolar (entre 5 e 18 anos) e pretende permanecer na Austrália por mais de 3 meses, será necessário matriculá-lo em uma escola Australiana. Deverá ser incluída no requerimento de visto uma carta de oferta ou uma matrícula comprovando que providencias já foram tomadas.

Se for concedido, o visto permitirá múltiplas entradas na Austrália pelo período de sua validade do visto.

Ou seja, ele não só pode como é obrigado a estudar.

No caso de escolas públicas Australianas (99% das crianças estudam em escola pública, na verdade se existe escolas particulares eu não sei, pois eu nunca vi), elas são públicas mas você paga para seu filho estudar, o custo disso é algo em torno de 5 mil dolares anuais para uma criança da idade do Caio, ou seja, 7 nos de idade, a partir da quinta série esse valor quase dobra. Nesse valor não esta incluso o uniforme, gastamos algo em torno de $ 250,00, que já inclui bermuda e camisetas tradicionais, bermuda e camiseta para esporte, blusa de frio, calça de frio, chapéu e mochila, até a mochila é da própria escola mesmo, tudo é padronizado.

10341713_785194314892146_8658029193663872513_n

Olha o Caio ai de uniforme completo. rsrs

 

Existem os uniformes de segunda mão, que são de crianças que usaram no ano passado e ainda estão em condições de uso e os país doaram para a escola, é super normal comprar esse tipo de uniforme, ainda mais se tratando de peça extra, nós não pegamos nenhum por que o Caio já entrou na escola tarde, então os outros pais já tinham pegado todos, para você ter uma ideia, nesse caso o kit completo você gasta em torno de 50 dolares.

O Caio no Brasil já iria para a segunda série, porem estávamos muito preocupados que ele demorasse a aprender o inglês e essa série já fosse muito avançada para ele, quando fomos fazer a visita na escola descobrimos que poderíamos matricula-lo na primeira série, inclusive a própria diretora da escola (que sempre foi muito solicita diga-se de passagem) nos indicou a fazer isso, uma que seria melhor para ele ter tempo para aprender o idioma sozinho e outra que o Caio faz aniversário em janeiro, então ele já estava praticamente 1 ano na escola adiantado, a diretora nos falou algo também de que se ele fosse para a segunda ao final de sua vida escolar não daria o tempo mínimo de estudo necessário para ingressar na faculdade, eu não entendi muito bem essa parte mas como já queríamos que ele fizesse a primeira novamente apenas concordamos (no nosso nível de inglês, é mais ou menos só isso que fazemos, concordamos rsrsrs).

Muita gente tem dúvida e receio referente a criança não falar inglês e se a escola tem suporte para isso. Bem, não tem um suporte especializado em lingua portuguesa, na verdade na escola de nosso filho ninguém que trabalha lá fala o idioma, mas todos são muito prestativos, o Caio fica metade do tempo com a sala dele e metade do tempo sozinho com uma professora para reforçar o aprendizado da lingua, como ele ainda estudou muito pouco, não teve muita evolução no inglês, mas isso nos deixou bem mais tranquilos.

 

Férias escolares

Uma coisa bem diferente que acontece nas escolas aqui são as férias. Na Austrália, o ano letivo vai de Janeiro a Dezembro. As férias escolares ocorrem quatro vezes por ano, embora as datas variem um pouco em cada estado e território, eu achei muito legal esse estilo de férias que não torna os períodos de estudo muito longos e cansativos. Estas são as épocas em que as famílias Australianas também tiram suas férias. A seguir está uma lista de datas das férias escolares Australianas, estou me baseando nas férias aqui do nosso estado, que é Nova Gales do Sul, onde fica Sydney, pode ter variação para outros estados mas as datas são todas bem próximas, com diferença de 1 ou 2 semanas no máximo.

 

1º Período de férias escolares – 2 semanas. As aulas nesse ano começaram em 28 de Janeiro.

de 03 a 20 de Abril

2º Período de férias escolares – 2 semanas.

de 27 de Junho a 12 de Julho

3º Período de férias escolares – 2 semanas.

de 19 de Setembro a 3 de Outubro

4º Período de férias escolares – Férias de final de ano, essas são mais longas.

de 17 de Dezembro a 25 de Janeiro (a data de início das aulas em 2016 ainda não esta muito bem definida, mas analisando os últimos anos acredito que vai ser em torno desse dia mesmo)

 

Horário das aulas e lanche

O horário de aula também é meio diferente aqui, as criança entrem as 9:00 hs e saem as 15:00 hs, a escola não fornece comida e as crianças também não almoçam de fato, achamos isso super estranho de início mas acabamos nos acostumando, elas levam 2 lanches, um que é tomado de manhã e outro de tarde.

 

Como funciona processo.

Ainda no Brasil você não decide nada, sobre em qual escola a criança vai estudar e etc, você apenas paga a o valor referente a 1 semestre e recebe uma carta do governo Australiano garantindo que seu filho terá uma vaga em alguma escola perto da sua casa.

Você não escolhe qual escola ele vai estudar por que você ainda não sabe onde vai morar, as agências de intercâmbio no Brasil que não dão nenhum suporte a crianças não sabem fornecer nem essa informação, quando começamos pesquisar para vir par cá ficamos completamente perdidos, não tivemos a ajuda de nenhum meio de informação, esse foi um dos motivos que nos fizeram montar esse site, realmente sabemos que o suporte a famílias é quase zero e a única coisa que aparece pelo caminho é gente querendo tomar seu dinheiro de forma fácil, se aproveitando de uma situação favorável de falta de informação e esperança de uma nova vida.

Antes de vir para a Austrália, sonhávamos em morar próximo a praia e ter uma life style bem diferente do qual tínhamos no Brasil, acontece que ocorreram problemas na nossa primeira acomodação e acabamos parando em um bairro que nem conhecíamos, no final vimos que isso foi uma intervenção divina, acabamos encontrando por acaso o bairro dos nossos sonhos e conhecendo uma pessoa muito especial.

Quando chegamos ficamos 1 mês morando na casa de uma Brasileira que esta aqui a 20 anos, ela nos ajudou muito em todo nosso início na Australia, seremos eternamente gratos a ela e acabamos nos tornando grandes amigos, foi inclusive uma motivação a mais para ficarmos e morarmos nesse bairro.

Já tínhamos certeza do bairro que iríamos morar, faltava agora ir atrás das escolas da região. Em uma busca rápida na internet encontramos a Lane Cove Public School, uma escola fundada em 1876 e de ótima estrutura, apesar de terem outras opções próximas nem fomos visitar mais nenhuma, adoramos essa escola e logo fomos fazer uma visita levando todos os documentos que tínhamos recebido do governo.

Acabamos nesse meio tempo atropelando um dos processos, demos entrada na escola antes mesmo de termos conseguido alugar nosso próprio espaço, o que diga-se de passagem não é nada fácil, mas isso é assunto para outro post.

O negócio é que tínhamos certeza do que queríamos, e tínhamos a garantia de se caso não encontrássemos um imóvel poderíamos ficar o quanto fosse necessário na casa da nossa nova integrante da família, no caso a Carmem, a Brasileira sobre a qual comentei agora pouco.

O processo com a escola foi super simples, a pessoa que nos atendeu na secretária inclusive se surpreendeu de como nossos documentos estavam organizados e de como já estávamos com tudo encaminhado desde o Brasil, ela comentou que para algumas nacionalidades não é necessário o pagamento das taxas adiantado e que em alguns casos podem ser pagas aqui, ela nos disse que isso em diversas oportunidades acarretam vários problemas e as vezes as crianças ficam mais de 6 meses sem conseguir estudar, mais um ponto para nossa agente de imigração que tratou do assunto com muita seriedade e fez todo o processo com um profissionalismo sem precedentes.

Depois de apresentada toda a documentação emitida anteriormente pelo governo (na verdade é apenas um papel com o comprovante de pagamento e a garantia de uma vaga em uma escola pública) nos foi pedido apenas nossos passaportes para ser tirado uma cópia simples, a carteira de vacinação do Caio e o comprovante de vacina da febre amarela.

É muito importante a criança já sair do Brasil com todas as vacinas em dia, se não tem certeza, antes de vir da uma passada em um posto de saúde e atualiza tudo, nós fizemos isso e foi muito bem recebido, digo isso por que não tenho a minima ideia sobre o programa de vacinação aqui na Austrália, se é pago ou não e etc, e como ainda não falamos muito bem inglês (digo muito bem com quase nada rs) a melhor coisa que fizemos foi deixar tudo pronto ainda no Brasil.

Outro assunto que muita gente tem dúvida é:

De alguma maneira, seja pelo meu nível de visto de estudante, seja pelo meu passaporte de cidadania Europeia a escola do meu filho pode ser gratuita?

Não, não e não, realmente não existe maneira disso acontecer, o único jeito da escola ser gratuita para seu filho é:

Você ser um cidadão Australiano.

Você ter um visto permanente Australiano.

Fora isso esquece, não interessa se você esta vindo fazer mestrado, doutorado ou o que for, se você não tem um visto Australiano esquece, se alguém te falou que é possível essa pessoa não sabe do que esta falando.

Bem, que eu me lembre agora sobre a escola para as crianças é isso, se eu lembrar de mais alguma coisa eu volto aqui e faço um adendo, se alguém tiver qualquer dúvida e precisar de ajuda é só deixar seu comentário aqui em baixo que assim que possível nós iremos responder.

Nós não tivemos ajuda de ninguém, não conhecíamos ninguém que estava aqui e nosso processo foi bem difícil, o de vocês pode ser diferente, vamos compartilhar nossas experiências e juntos ajudar uns aos outro.

 

About author

Vitor Sant

Vitor Sant

Eu sou o pai, aquele que colocou essa ideia que fazia parte de mim a tantos anos na cabeça de todo mundo, convenci aos meus que a vida é muito curta para se nascer e morrer no mesmo lugar, que o mundo é muito grande para não o explorarmos mas também pequeno o suficiente para que isso seja possível. Sou um faz tudo que já se aventurou em dezenas de negócios próprios e do outros, quebrei a cara na maioria das vezes mas ganhei uma coisa que ninguém me tira, minhas experiências, alegrias e frustrações que me fizeram ser o que sou. Defeitos eu tenho de monte e minhas qualidades são questionáveis, sou um desenvolvedor web mediano, um designer mediano, um administrador de empresas mediano, um leitor mediano, um estudioso mediado, um marido mediano e um pai mediano, a única coisa em que sou bom mesmo é em ser eu mesmo.

Comentar o post